Veja como receber o Auxílio Emergencial pelo PicPay

Publicidade

Com o intuito de agilizar o recebimento do auxílio emergencial para todos os brasileiros que se cadastraram, a Caixa Econômica Federal firmou algumas parcerias com fintechs que permite a transferência do dinheiro rapidamente para o cidadão começar a usar o quanto antes. A parceria da vez é com o aplicativo de pagamentos PicPay e, todos que possuem uma conta no aplicativo e também são correntistas da Caixa, podem começar a usar o dinheiro com mais rapidez.

Se você possui uma conta corrente na Caixa e também utiliza o aplicativo do PicPay, poderá descobrir hoje como usar isso ao seu favor. Trazemos a seguir todas as instruções para que você consiga utilizar essa funcionalidade, além de outras informações que envolvem o auxílio emergencial.

Publicidade

Parceria da Caixa com o PicPay agiliza o pagamento do auxílio emergencial

Uma parceria entre a Caixa Econômica Federal e o aplicativo PicPay permite que os correntistas do banco possam transferir o seu benefício em poucos minutos para começar a pagar contas e a usar como quiser. Tudo pode ser feito de forma 100% gratuita, basta que o cidadão crie o seu cadastro rapidamente e obtenha o cartão de débito digital da bandeira Elo.

Publicidade

O aplicativo pode ser usado sempre que o valor do auxílio emergencial cair em sua conta corrente da Caixa. Você então pode realizar a sua transferência e o dinheiro poderá ser usado para pagar boletos e também para transferências, além de ser possível sacar o dinheiro. Lembrando novamente que tudo isso é gratuito, o aplicativo não cobra nenhuma taxa.

Clique para continuar:  PicPay abre lista de espera para cartão de crédito sem anuidade e cashback

O intuito da parceria é deixar mais fácil a vida do brasileiro que, nesse momento de pandemia, está precisando cada vez mais de dinheiro e não pode sair de casa. Dessa forma, diretamente pelo celular, pode quitar suas contas e utilizar o dinheiro de forma mais prática e segura.

Como receber o auxílio emergencial pelo PicPay

Com essa novidade, muitas pessoas ficaram interessadas em usar o PicPay para movimentar o seu dinheiro. Esse novo serviço pode ser utilizado por quem já faz uso do PicPay, como também por quem ainda não tem o cadastro.

Ao criar a sua conta no PicPay, você tem a opção de cadastrar seus cartões e contas bancárias. Além disso, também pode criar o seu cartão de débito digital da Elo, que é fundamental para essa transferência do auxílio emergencial. Portanto, caso você ainda não use o aplicativo, faça o download e crie o seu cadastro. Coloque seus dados pessoais e cadastre sua conta corrente da Caixa Econômica Federal.

Com o cadastro feito, a conta cadastrada e com o cartão de débito da Elo, você poderá efetuar a transferência sempre que o valor da parcela do auxílio emergencial cair na conta. Com a transferência efetuada, você poderá usar o dinheiro para pagar suas contas em estabelecimentos, pagar boletos e também transferir o dinheiro para outras contas. Quem desejar, também poderá fazer o saque do dinheiro, sem nenhum custo.

Crie sua conta no PicPay em poucos minutos

Publicidade

Se você não tem uma conta no PicPay, saiba que ela pode ser criada diretamente pelo seu celular em poucos minutos. Baixe o aplicativo na loja do seu celular e inicie o seu

Clique para continuar:  PicPay abre lista de espera para cartão de crédito sem anuidade e cashback

cadastro. Será preciso informar alguns dados pessoais, cadastrar um cartão de crédito e pronto. Você cadastra quantos cartões desejar e contas também.

O aplicativo possui uma boa funcionalidade, com todas as opções sendo mostradas logo na página inicial de modo que não apresenta dificuldades para nenhuma pessoa. Uma vez que sua conta estiver cadastrada, você poderá acompanhar o depósito do auxílio emergencial e então efetuar a transferência da forma que desejar.

Não uso o PicPay, quais outras formas de receber o auxílio?

O PicPay não é a única maneira de fazer uso do dinheiro do auxílio emergencial de forma mais rápida e segura. A Caixa Econômica Federal permite que o cidadão cadastre a conta bancária que possuir no aplicativo no momento do seu cadastro, disponibilizando uma enorme lista de bancos para escolha do cidadão.

Dessa forma, é totalmente possível cadastrar a conta bancária digital, caso você já opte por essa funcionalidade moderna. Se você possui uma conta no Nubank, por exemplo, ou a conta digital do Banco Inter, pode cadastrar para receber o dinheiro e passar a usá-lo imediatamente.

Você pode cadastrar a sua conta poupança da Caixa e, quando o dinheiro for depositado, passar a usá-lo por meio do seu cartão de débito. Sem precisar ir até o banco sacar, dessa forma você pode pagar boletos, contas e também estabelecimentos.

Clique para continuar:  PicPay abre lista de espera para cartão de crédito sem anuidade e cashback

Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial já está sendo pago a milhares de brasileiros, mas ainda existem muitos que aguardam a aprovação do seu cadastro. Consiste em um auxílio para desempregados, autônomos e trabalhadores informais que estão sofrendo com a crise do coronavírus. Inicialmente, o governo pagará 3 parcelas do auxílio, sendo que até o momento somente a 1ª delas foi paga.

A Caixa Econômica Federal busca de várias formas agilizar a aprovação do pagamento e o recebimento dos R$600 para a grande maioria dos cadastrados pelo site ou aplicativo. No momento do cadastro, o cidadão pode cadastrar uma conta bancária existente ou permitir a abertura de uma conta poupança digital na Caixa. Se optar pela segunda opção, o dinheiro pode ser obtido somente pelo aplicativo Caixa TEM.

Nesse caso, você deve fazer o download do aplicativo para acompanhar quando ele será depositado. Dentro do aplicativo você pode pagar contas e fazer transferências, mas os saques só são liberados nos dias específicos anunciados pela Caixa, por isso é preciso ficar de olho no calendário.

Muitos usuários tem relatado problemas em utilizar o aplicativo, mas devem continuar tentando, pois é uma das únicas formas de usar o dinheiro caso você não tenha uma conta bancária. Com o tempo, podem surgir novas maneiras de fazer uso do dinheiro quando não se tem uma conta. Quem ainda vai receber a 1ª parcela, poderá fazer o saque do valor em poucos dias ou transferir para a conta desejada.

Publicidade

Minha Casa Minha Vida 2021: o que muda no segundo semestre

Financiamentos do Minha Casa Minha Vida terá novo tipo de consulta